Beatificação de papa gera protestos de vítimas da pedofilia

João Paulo foi papa por 25 anos
O assunto do momento é a beatificação do Papa João Paulo II ocorrida no dia 01 de maio, depois que a religiosa francesa Marie Simon-Pierre Normand disse que tinha se curado do Mal de Parkinson depois de pensar com insistência no Papa João Paulo II. Esse “milagre” foi reconhecido para a beatificação.

Com a divulgação, grupos de apoio a vítimas de abuso sexual por religiosos fizeram protestos nos Estados Unidos e Europa contra a beatificação de João Paulo II, sob cujo pontificado foram feitas as primeiras grandes revelações de escândalos de pedofilia.

Bárbara Blaine, presidente da Snap (acrônimo inglês para Rede de Sobreviventes de Abusos de Padres), indignada disse “que é um absurdo honrar aquele que essencialmente, por esconder e proteger os culpados, sancionou a malfeitoria”.

O referido grupo é o maior do gênero no mundo, com 10 mil membros e foi fundado em 1.988, bem antes de o grande escândalo dos Estados Unidos de pedofilia de padres estourar em 2.001.

Destaca a presidente do grupo, que foi abusada em sua infância, que em mais de 25 anos o papa, que era um homem tão poderoso, não fez quase nada para proteger as crianças. O grupo fez protestos em 70 cidades dos Estados Unidos.

O tema é talvez o mais sensível para o atual papa que repetidamente pede desculpas públicas pelos incidentes. Em 2.010 um novo escândalo surgiu na Bélgica, com a sede da Igreja Católica local sendo invadida pela polícia.

Dessa vez foram tomadas medidas mais rigorosas para punir os padres culpados, que não foram protegidos como acontecia na época do papa João Paulo II. Mas, para o vaticanista Marco Politi, o atual papa se recusa a abrir os arquivos do Vaticano, que ajudariam a entender como os casos não foram investigados ao longo dos anos.

A beatificação do papa João Paulo II feita a toque de caixa com base apenas em relato de uma religiosa, sem qualquer comprovação científica, despertou a atenção das pessoas, que não conseguem entender o porquê de tanta pressa para essa beatificação.

Fica no ar aquela sensação de que tudo isso está acontecendo como forma de “merchandising” da igreja, que nos últimos tempos vem perdendo credibilidade por causa de tantos escândalos que não são apurados da forma que deveria.

Outra coisa estranha em tudo isso é por que a freira, que se diz curada, foi dirigir seus pedidos justo ao papa João Paulo II, quando existia uma infinidade de santos já consagrados muito mais capacitados para proporcionar-lhe o socorro, a cura pretendida.

A impressão que se tem é de que tudo isso não passa de coisa fabricada, criada para desviar a atenção do principal foco, que é a pedofilia praticada por religiosos e que dificilmente são apuradas e os culpados punidos.

Comentários

Miguel do Caminhão disse…
Naum consigo entender essa história da pessoa virar santo. alguém inventa um milagre e todos acreditam e o dito cujo passa a ser santo. No caso do papa então num sei purque tanta pressa. O Padre Cícero que já atribuiram a ele mais de 100 milagres até hoje num é beato.
Shirley Silva disse…
Realmente a pressa em beatificar esse papa é muito estranha mesmo. Algum caroço tem nesse angu.
Curioso disse…
Qual é a utilidade de um papa?
Castilho Rosa disse…
Dizem que o papa é o representante de Cristo na terra. Só que Cristo não ostentava riqueza e vivia entre as pessoas mais humildes.
Marinede Martins disse…
O Papa é um homem sagrado e merece ser santo por tudo que fez pelo mundo. Ele nunca protegeu nenhum pedófilo,isso é mentira da imprensa sensacionalista.
Anônimo disse…
Será que ainda existe alguém que acredita nessa história de milagre?
Manoel Conrado disse…
Atéw hoje não consegui entender para que existe os papas. Será que é para papar o dinheiro que a igreja arrecada? E olha que não é pouco, heim...
Marcelo Rodrigo disse…
O papa é pop e eu amo o papa.
Camila Potiguar disse…
Na nossa igreja não tem papa. Eu sou evangélica, pertenço à Igreja Universal do Reino de Deus e eu, bem como todos que professam a religião evangélica não concorda com o papa, pois ele vivi de mordomias com o dinheiro da igreja. É uma cargo desnecessário.
Maria Cecília Maia dos Santos disse…
O papa é um homem sagrado, o representante de deus na terra e nos o amamos. Viva o papa João Paulo 2º, op João de Deus.
Clinéia Marcelino disse…
O papa é o representante de deus na terra e merece todo respeito do mundo. Ele sempre foi um homem santo e temos a esperança de que seja declarado santo o mais rápido possível.
José Justino Nascimento disse…
Papa lindinho, nós te amamos. Na minha família o papa já será o nosso santo de devoção. Ele feis muito pelo mundo e como santo fará muito mais pela humanidade. Os protestos que foram feitos não tem razão de ser o papa nunca protegeu pedofilista nenhum. Ele era um home santo
Evangélico Roxo disse…
Num sou muito fam de papa não purque papa num tem muita utilidade para a religião. Deus num precisa de representante na terra, pois Ele tem condições de se representar. Além do mais, caso Deus quisesse um representante na terra, procuraria alguém umilde. O Xico Xavier era mais representante de Deus que o papa, pois levava uma vida idêntica a de Cristo e não cheio de pompas como o papa, que vive na abastança enquanto no resto do mundo muita família morre de fome.
Mirna disse…
Esse foi o melhor papa que o mundo já viu e merece ser santo sim. Será o meu santo de devoção. Aliás, já é...