Estaria o Brasil sob ameaça de uma ditadura gay?

Marcos Mion foi processado...
O Brasil, desde a sua descoberta, já teve que conviver com inúmeros problemas internos, muitos dos quais penalizaram a população brasileira, colocando o povo em situação de verdadeiro domínio do medo, sem direito sequer de ter opinião sobre os acontecimentos do dia a dia.

De todos os problemas enfrentados pela Nação, os dois mais marcantes foram a ditadura Vargas e a ditadura Militar, responsáveis, cada um em sua época, pela destruição de vidas e sonhos de muitos brasileiros inocentes, para satisfazer a ganância dos ditadores pelo poder.

A ditadura Vargas teve início sob alegação de conter o “perigo vermelho”. Na ocasião o presidente Getúlio Vargas declarou estado de sítio, seguido pela declaração de estado de guerra, em que todos os direitos civis foram suspensos e todos aqueles considerados “uma ameaça à paz nacional” passaram a ser perseguidos ferozmente.

Com plenos poderes outorgados pela nova Constituição, Getúlio Vargas dissolveu o Congresso Nacional, destituiu os governadores dos estados substituindo-os por novos interventores, extinguiu as bandeiras, armas, hinos e escudos estaduais, proibiu as greves, liquidou a independência dos sindicatos; perseguiu, prendeu e torturou pessoas inocentes e políticos contrários sem que houvesse qualquer controle por parte das instituições ou da sociedade.

... Nany People o apoia
Bem pior foi a ditadura militar, que durou de 1.964 a 1.985. Esse período da historia brasileira foi uma nuvem negra que se abateu sobre a nação, quando militares, em nome da defesa do país e da luta contra o comunismo, praticaram os crimes mais absurdos, cercearam direitos fundamentais, mataram e desapareceram com inúmeras lideranças políticas e estudantis e deixaram um legado de autoritarismo e morte até hoje lembrado e temido pelos brasileiros que conviveram com o terrível inverno militar que se abateu sobre a nação.

Agora, depois de tantas lutas, tantas vidas perdidas e tanto sofrimento para que o povo voltasse a ter direito de pensar, expressar o seu pensamento, enfim, ter liberdade de expressão, uma nova ameaça toma conta do país, com a possibilidade de aprovação da lei anti-homofobia, que na verdade é uma lei da mordaça disfarçada, com objetivo de impedir o cidadão de ter suas próprias convicções.

Antes mesmo de a lei existir, a sua conseqüência negativa já começa a ser sentida. Recentemente, entidades do movimento gay reclamaram de comentários que Marcos Mion, apresentador do Legendários, da Record, fez durante entrevista com o drag queen Nany People. Na oportunidade, Marcos Mion disse que Nany People "tem surpresinha" e perguntou "o que ele faz com o pacote" na hora do banho.

Por esse inocente comentário, o apresentador e a emissora onde trabalha estão sendo processados por homofobia. Não consigo entender onde está a ofensa nessa brincadeira, se até mesmo Nany People, assim que tomou conhecimento, partiu em defesa do apresentador, o que me leva a crer que certamente esse seja um dos poucos casos onde existe um processo e a vítima sai em defesa do acusado.

Em que pese o meu respeito aos homossexuais e o repúdio ao preconceito contra a classe, noto que absurdos estão acontecendo a cada dia. A impressão que se tem é de que uma espécie de ditadura gay está tentando calar os meios de comunicação. Espero estar enganado, pois “a ditadura é, por assim dizer, a fonte de todos os males sociais”.

Parece até que a luta contra a homofobia – que é muito justa – está sendo desvirtuada. O temor é de que ao invés de lutar pela erradicação da discriminação, alguns setores estejam procurando colocar o homossexual num pedestal, em situação jurídica diferenciada dos demais cidadãos.

Se isso prevalecer, no futuro teremos que conviver com prioridade para os gays nas filas dos bancos, correios, supermercados, padarias, paradas de ônibus, hospitais, teatros, tal qual já acontece com idosos, crianças, gestantes, dentre outros.

No país já existe lei que pune a discriminação e o preconceito, que está em plena vigência. Também existe o Código Penal Brasileiro para punir todo e qualquer tipo de violência e homicídios contra o cidadão, não existindo nenhuma necessidade de mais uma lei, cuja especificidade poderá colocar em risco o direito de manifestação do cidadão e a liberdade de expressão a duras penas conquistada.

Entretanto, caso essa lei seja aprovada, só restará ao cidadão se curvar diante dela, mesmo porque, parafraseando Luiz Vaz de Camões em seu Os Lusíadas, “cessa tudo que a antiga musa canta que outro valor mais alto se alevanta”.

Comentários

Gildásio Pereira disse…
Dr. Elvécio tome cuidado, pois esse povo é intocável. O artigo ficou muito bom e mostra a realidade que estamos vivendo nesse momento de desrespeito à Constituição Federal, ao princípio da isonomia.
Anônimo disse…
Acertou em cheio, doutor. Talvez esse seja o melhor ártigo já feito até hoje podis cre. Agora desculpe se não vou me identificar, pois tenho medo de ser processado. Além disso estou escrevendo de um computador que mesmo que encontrem o ip nunca vão me encontrar, pois ninguém sabe que estive aqui e usei o notebook, hehehe
Herói da Resistência disse…
Abaixo a ditadura. Ditadura nunca mais.
Nath disse…
Eu sou contra a homofobia, e eu gostaria q todos tb pensassem assim, pois, cada um tem o direito de escolher sua opção sexual e ngm tem nada a ver com isso, se essa nova lei servir para diminuir o preconceito q eles sofrem, vai ser ótimo, pq todo mundo merece respeito.
Felipe Júnior disse…
Se são maxo para asssumir que são gay, tem que ser maxo para suportar também as críticas.Nós heterossexuais também não somos criticados? Daqui a pouco vão criar lei contra a heterofobia. Que coisa mais ridícula esse papo de homofobia.
Mimi disse…
Com a ajuda de nossos deputados, tomaremos o poder em breve. Escreve o que estou falando.
Lady Dy de Vila Velhja disse…
É isso aí, Mimi. Mostra que somos po.de.ro.sasssssssssssss
Lady Gaga do Brasil disse…
Vamos fazer um movimento contra o magno malta, que é totalmente contra nós e quero ver se vcs vão pulicar
Florzinha de Maio disse…
Istamos cançadas de tanta discriminação por parte do Magno Malta e vamos botar pra quebrar contra ele...
Anônimo disse…
Naum adianta chiar, somos poderosas
Maria Clara Genuino disse…
Para os que estão metendo o pau no senador Magno Malta, informo que a autora do projeto contra homofobia, que se passar vai tirar o direito do cidadão de ter opinião própria, é a Marta Suplicy, a mesma que destruiu São Paulo quando foi prefeita daquela cidade e agora quer destruir o pais com suas idéias de jerico.
Costa Nunes disse…
É um absurdo que no brasil exista esse tipo de coisa, querer sensurar as pessoas. Se os gays escolheram essa opção sexual, eles também tem que arcar com as consequências, desde que essas consequências não seja a violência, é claro. Brincadeiras com gay sempre vai existir. Quer dizer que se o saudoso Costinha estivesse vivo, não mais poderia trabalhar sob pena de ser penalizado por homofobia? É um absurdo
Manuel Pelegrini disse…
Naum só os pastores, mais também os católicos, não respeitam as coisas de Deus. O mundo está perdido, é o final dos tempos, o apocalipse...
Tinim da Joana disse…
O povo tem que se unir e sair para as ruas contra essa lei esdruxula o mais rápído possível, pois depois poderá ser muito tarde. Proteção, sim. Ditadura, não.
Nikolas Minaré disse…
Eu achei o texto bem escrito porém ridículo. É usar do termo "ditadura" para falar da reclamação de diretos de uma minoria que já vem sendo perseguida. Assim como Vargas e a ditadura militar perseguiu comunistas, sem hipótese alguma de estes chegarem ao poder, estão fazendo isso com a comunidade LGBT com a desculpa de ditadura-gay. Jamais haverá uma ditadura gay assim como jamais uma minoria comunistas iria mudar a política brasileira. São desculpas dada por governantes facistas contra uma minoria, política do quem atira a primeira pedra primeiro. É o cúmulo do ridículo.
Anônimo disse…
Querem que as pessoas aceitem na marra e digam que é algo absolutamente normal o homossexualismo,transsexualismo e derivações . Existem muitas coisas que mostram que é o contrário .
* transtornos da identidade sexual ( gênero)
* Transexualismo
* Transtorno de identidade sexual na infância
* Transtorno não especificado da identidade sexual
* Travestismo bivalente
* Síndrome de Disforia de Gênero
* Disforia de gênero;
* Disforia generiforme;
* Hermafroditismo psíquico
* neurodiscordância de gênero
* Síndrome de Money
* casos limítrofes no transsexualismo
* disforia hipotalâmica
* hermafroditismo encefálico
passar uma imagem mentirosa do homossexualismo , sabem que todos esses dados são verdadeiros . Inclusive estão catalogados na Organização mundial da saúde. Se o transsexualismo é uma doença e precisa de tratamento porque o transtorno mental pode aumentar, por que o homossexualismo já não é catalogado como transtorno? Não explicaram porque tiraram o homossexualismo da lista do CID . Qual a diferença entre o homossexualismo e o transsexualismo ?. NENHUMA , a diferença é que um se veste como o sexo oposto o outro não . Ai está a diferença .
Eles tem todo o direito de se casarem e seguirem suas vidas como bem entenderem , mas deturpar fatos científicos só para serem aceitos isso não pode .Até hoje não explicaram qual a diferença entre homossexualismo e transsexualismo , e nem por que o homossexualismo foi tirado do cid . O transsexualismo ainda está no CID e o homossexualismo foi tirado porque mesmo ? Só arranjaram desculpas .
OS HOMOSSEXUAIS TEM QUE SER RESPEITADOS COMO PESSOAS E SERES HUMANOS SIM !!! MAS O COMPORTAMENTO DELES NÃO DEVE SERVIR DE EXEMPLO !!!
Agora vejam todos os meus comentários foram inofensivos , não ofendi nenhum homossexual , apenas coloquei minha opinião sobre o tema , todos os dados em meus comentários são verdadeiros ( podem conferir ) , e esse projeto é chamado de ditadura gay por causa disso , se eu publicar um comentários sensato como esse eu poderei ser processado , e a onde fica minha liberdade de expressão , existem inúmeros livros da literatura gay voltada exclusivamente para a pedofilia , e sobre isso o governo não diz nada .
Os gays estão tendo privilégio na sociedade .
Eu sou contra qualquer violência , não só contra homossexuais , mas contra qualquer pessoa .
Uma suposição , se um skinhead agredir um negro .
Pena: reclusão de 1 (um) a 3 (três) anos. .
Se um skinhead agredir um homossexual.Pena: reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.
Se qualquer pessoa for agredida .Pena:reclusão 3 meses a um ano.
Se um idoso for agredido pena: reclusão até 4 anos
Agora me expliquem uma coisa , agressão é agressão ( se for agressão por intolerância , preconceito ,motivos banais, tem agravante ) . Mas o que difere se um homossexual for agredido de um negro por exemplo , por que o skinhead fica mais tempo na cadeia se agredir um gay ? Por que um skinhead fica menos tempo na cadeia se agredir um negro ? Agressão deveria ser uma pena única ( pra mim o sujeito não civilizado tinha que ficar uns 10 anos preso ) . Mas o que eu quero dizer é bem simples de entender , gays são privilegiados por lei .

Agressão a qualquer cidadão : 3 meses a um ano
Agressão a negros : 1 a 3 anos
Agressão a idosos : até 4 anos
Agressão a gays : 3 a 5 anos

Porque os gays são mais protegidos por lei do que um cidadão comum , um negro ou um idoso . Bater em trabalhador honesto , idoso e negro pode , só não pode bater em gay . A lei está errada , como tinha dito antes sou contra qualquer agressão , seja contra gays , negros , idosos , índios , nordestinos , pobres , asiáticos . Mas os gays são privilegiados pela sociedade , dá para notar isso pelo código penal.
Daqui a pouco os gays vão exigir lugares especiais em ônibus , preferencia em filas , descontos nos impostos , meia entrada em cinemas e teatros . A lei deve ser igual a todos .Os gays não devem ser privilegiados como um grupo exclusivo .
LEI IGUAL PARA TODOS !!!
Anônimo disse…
NAMBLA – É um grupo americano de ativismo dos direitos gays , pederastas e pedófilos

PVND – É um grupo holandês de ativismo dos direitos gays , ateus , pedófilos , zoófilos ( sexo com animais ) e querem leis para as pessoas poderem andar nuas nas ruas , e descriminalização de drogas.

MARTIJN – É um grupo holandês de ativismo gay e pedófilo

NVSH – É um grupo holandês de ativismo gay que defende a pedofilia,necrofilia ( sexo com mortos ) zoofilia ( sexo com animais ) incestos ( sexo entre mãe e filho , pai e filha ) e o casamento de 4 ou mais pessoas ( isso também é bem estranho , seriam dois maridos e duas mulheres , os filhos teriam dois pais e duas mães )

APD ( Association pedhofilie dinamark ) – Grupo de ativismo gay e pedófilo .

Tom ´o Carrol – Grupo de ativismo gay e pedófilo

Shotacon – grupo japonês que divulga mateiras pornográficos entre gays e crianças transando .

krumme 13 – grupo de ativismo gay e pedófilo

René Guyon Society – Grupo de ativismo gay e pedófilo

Child Love – Grupo de ativismo gay e pedófilo

GLF ( frente da libertação gay ) – grupo de ativismo gay e pedófilo TODOS ESSE GRUPOS DEFENDEM AS CAUSAS HOMOSSEXUAIS , MAS ELE OMITEM QUE DEFENDEM CAUSAS PEDÓFILAS . São grupos feitos por homossexuais que querem que a pedofilia seja legalizada .
Porque os maiores ativistas pró-pedofilia do mundo são homossexuais , eu acho isso estranho , mesmo que o homossexualismo não esteja ligado diretamente com a pedofilia , então porque os maiores ativistas pró-pedofilia são homossexuais , aqui no Brasil temos o exemplo do Luiz Mott , e isso vai mundo a fora , eu sinceramente acho estranho , muito estranho .
Praticamente todos os grupos que defendem a pedofilia são grupos dos direitos homossexuais . Não estou mentindo olhe vc mesmo .
NAMBLA ,VND ,MARTIJN,NVSH ,APD ( Association pedhofilie dinamark ), Tom ´o Carrol,Shotacon ,krumme 13,René Guyon Society ,
Child Love ,GLF.
eu te deixo uma pergunta porque todos os grupos de ativismo PRÓ-PEDOFILIA , são homossexuais ?
Estranho isso não é verdade . Todo ativismo pró-pedofilia está ligada aos direitos dos homossexuais !!!
Não sei não , outra pergunta . Existem pedófilos heterossexuais e homossexuais , mas porque só os pedófilos homossexuais querem a legalização da pedofilia ?
Só Grupos homossexuais reivindicam a pedofilia legalizada . E toda a obra da literatura gay que é voltada exclusivamente a pedofilia ? Existem milhares de livros de conteúdo homossexual que faz uma grande apologia a pedofilia e o amor entre os homens e os meninos .