O Brasil está vivendo um grande apagão moral

Povo brasileiro não analisa o candidato em quem vai votar
Texto: Elvécio Andrade

A situação está complicada no Brasil. Enquanto todos se voltam contra o PT, que acabou se envolvendo num grande esquema de corrupção e os envolvidos têm que ser punidos mesmo, denúncias e mais denúncias vão pipocando a todo instante envolvendo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), José Agripino (DEM), Collor de Melo (PTB), Aécio Neves (PSDB), que fez um governo trans-parente em Minas Gerais (todos corruptos de carteirinha) e vários outros que ainda surgirão, que sequer são citados na grande imprensa, principalmente pela rede mais corrupta do país: Rede Globo de Televisão.

E o pior de tudo é que se observa uma espécie de lavagem cerebral coletiva, em que as pessoas, dominadas por um ódio ao partido que ora se encontra no poder, não aceitam que os demais partidos têm corruptos na mesma proporção.

É como se os erros praticados pelo PT fossem capazes de isentar todos os erros, todos os atos de corrupção praticados pelos demais partidos. Pessoas estão se deixando levar por propagandas fascistas orquestradas por políticos que foram derrotados e querem a todo custo tomar o poder por meio de um golpe.

Estamos vivendo um verdadeiro apagão moral. E a culpa disso não é apenas dos políticos. O principal culpado de tanta corrupção é uma significativa parcela do povo brasileiro, que vota por interesse próprio, por um pequeno favor, que não procura saber a vida pregressa do candidato.

Aliás, mesmo sabendo, vota assim mesmo. Vejam quantos políticos bandidos retornaram a Brasília nas últimas eleições.

Não é preciso ir muito longe para ter conhecimento da incoerência do povo brasileiro. Em Barra de São Francisco/ES tivemos um exemplo claro de que algumas pessoas não têm a mínima moral para reclamar de políticos corruptos.

Um conhecido político corrupto da cidade, que tem por hábito pintar o bigode, foi candidato mesmo sabendo que era ficha suja e que nem poderia votar nele próprio, pois se encontra com os direitos políticos cassados por corrupção, teve seguidores apaixonados e chegou até a ter uma boa votação.

Felizmente a Justiça Eleitoral zerou essa votação e quem votou no corrupto, jogou o voto no lixo e está até hoje procurando saber onde foi parar o voto depositado nas urnas.

É esse mesmo tipo de eleitor irresponsável que grita contra a corrupção que assola o país. Não entende que o político é o reflexo do eleitor. Se você votar em pessoas honestas, terá representante honesto. Mas se votar em ladrão, corrupto, safado, terá um representante dessa categoria.

Vamos lutar contra a corrupção. Esse é um dever de todos nós. Mas vamos lutar contra todos os corruptos. Mesmo porque, corrupto é corrupto, seja de que partido for. E merece ser erradicado da política.

Comentários