Mulher é atacada por uma das 11 cobras que criava em casa

Foto ilustrativa
Parece brincadeira, mas não é. Uma mulher de 45 anos foi atacada por uma jiboia e foi salva pelo Corpo de Bombeiros, em Sheffield Lake, Ohio, nos Estados Unidos. A mulher, que não teve o nome divulgado, depois de se safar do ataque da cobra, disse aos bombeiros que tinha onze cobras em casa.

Segundo os bombeiros, a cobra se enrolou no pescoço da mulher, enquanto mordia seu rosto. O fato aconteceu por volta das 14h do dia 27, hora que a mulher ligou para a emergência pedindo ajuda. A atendente disse que ficou surpresa, pois nunca tinha atendido um pedido de socorro daquela natureza.

“Ela pedia ajuda de forma desesperada, informando que havia sangue por toda parte, mas que por enquanto não estava sendo sufocada”, disse a atendente. Quando os bombeiros chegaram à residência, a mulher estava deitada no meio-fio, com a cobra ainda sobre ela.

O chefe dos bombeiros, Tim Card, disse que tentou fazer a cobra soltar a vítima, mas não conseguiu, razão pela qual teve que cortar sua cabeça com uma faca. Em seguida a mulher foi levada para o hospital, onde foi medicada e depois liberada.

A jibóia, que não é venenosa, mas sua mordida pode provocar infecções, tinha aproximadamente 1,70m. Na porta da casa da mulher havia marcas de sangue e uma gaiola de vidro vazia. Os vizinhos, que se aglomeraram na porta da casa, disseram que não sabiam o que havia acontecido.

A mulher contou à imprensa que tinha nove jiboias em casa, e que no dia do ataque ela tinha resgatado mais duas jiboias e levado para casa, sendo que uma delas a atacou.



Comentários