Além de descobrir que está sendo corneado homem ainda corre risco de ser preso

Nancy e Sean Donis (Foto: reprodução
Dizem que para corno todo castigo é pouco, mas se as previsões forem confirmadas, o estadunidense Sean Donis, 37 anos pagará muito caro por ter sido corno. É que ele, além de ser chifrado pelo patrão de sua mulher, corre o risco de ser preso e ainda pagar danos morais e materiais ao Ricardão.

Fazia tempo que Sean estava desconfiado que sua mulher Nancy o traía, pois já não era a mesma, chegava tarde em casa e na hora do rala e rola ela sempre arranjava uma desculpa, até mesmo a tão furada dor de cabeça. Tudo isso fez com que o maridão ficasse com a pulga atrás da orelha e investigasse.

Determinado a saber a verdade, Sean começou a seguir a mulher, até que a viu entrando na casa do chefe dela, Albert Lopez, 58 anos e decidiu dar aquele flagra para não ficar nenhuma dúvida. Ele invadiu a casa de Albert e ao pegá-los na cama no maior pega pra capar, filmou a cena com o celular.

Ciente de que tinha prova suficiente Sean tentou sair da casa e acabou derrubando alguns objetos, quebrando-os, provocando o maior rebu dentro da casa, o que despertou a atenção do casal, que tratou de se vestir rapidamente. Enquanto isso Sean conseguiu sair da casa com a prova que procurava.

A mulher, indignada com a intromissão do marido pediu o divórcio e ainda o processou por invasão de privacidade e constrangimento. Para piorar, Albert também processou Sean por invasão de privacidade e por invasão de propriedade privada, o que o deixa em situação crítica.

O seu julgamento ocorrerá ainda neste mês no tribunal do Condado de Rockland, no Estado de Nova York, nos Estados Unidos e, caso seja condenado, poderá pegar até 15 anos de prisão, além de pagar multas e indenizações por danos morais e materiais.



Comentários