Cena macabra. Polícia encontra nove corpos, dois decapitados, em apartamento

A polícia procurava uma jovem
desaparecida e encontrou os corpos
Nove corpos, dois deles decapitados, foram encontrados pela polícia japonesa em um apartamento no subúrbio sul de Tóquio. Os policiais estavam à procura de uma mulher desaparecida, quando encontraram duas cabeças em um contêiner na parte de fora da residência de Takakiro Shiraishi, 27 anos.

Ao vistoriar o apartamento, os policiais encontraram mais sete corpos. Ao todo foram oito mulheres e um homem, em estado de decomposição. Preso em flagrante, Takakiro confessou a prática dos crimes, afirmando que além de matar, fez “coisas” nos corpos para ocultar as provas.

Além de afirmar que guardava os cadáveres congelados no apartamento, Takakiro afirmou que cortou os corpos no banheiro. No quarto do criminoso os policiais encontraram uma serra, que foi utilizada por ele para decapitar os dois cadáveres.

A descoberta assustou os
moradores da localidade
Os policiais procuravam uma jovem de 23 anos que estava desaparecida e descobriram um vínculo entre ela e Takakiro. Ele mudou para o local em agosto e teve contado com a jovem pela internet, depois que ela publicou nas redes sociais que queria suicidar, mas tinha medo de fazê-lo sozinha.

Ele e a jovem foram flagrados juntos na segunda-feira na estação de trem de Tóquio, mas os policiais ainda precisam confirmar por meio de exames se o corpo dela é um dos nove encontrados. Além disso, a polícia japonesa investiga se Takakiro é um serial killer ou se existia um pacto entre eles.



Comentários