Zezé Anão taca fogo em mulher no centro da cidade com ajuda de amigo

Zezé Anão tem uma extensa ficha criminal por prática de variados delitos
Conhecido por perambular pela cidade pedindo dinheiro para, segundo dizem, comprar “pedras”, o anão José Cândido, o Zezé Anão, dessa vez parece ter passado dos limites. Ele, juntamente com o indivíduo Wellington Alemão, atearam fogo em uma mulher no centro de Barra de São Francisco/ES.

O crime foi praticado na tarde de domingo, 26, ocasião em que os dois, por motivos não informados pela polícia, agrediram a mulher conhecida como Creuzita. Em seguida, jogaram a vítima no chão e tacaram fogo, provocando queimaduras diversas no corpo da mulher.

Acionados, os policiais compareceram ao local e prestaram socorro à vítima, que foi levada ao Hospital Drª Rita de Cássia, onde ficou internada sob cuidados médicos. Wellington foi preso no local, mas Zezé Anão, que havia fugido, foi capturado momentos depois e levado para a Delegacia de Polícia.

No momento em que foram comunicados do atentado contra a mulher, os policiais estavam atendendo uma ocorrência de tentativa de homicídio ocorrida na Praça Atílio Vivacqua. Em virtude disso, outra viatura foi enviada ao local. Creuzita, apesar de consciente, não disse aos policiais o motivo da agressão.

Tanto Zezé Anão, quanto Wellington Alemão são velhos conhecidos da polícia. Zezé nasceu dente de leite na cadeia e constantemente é preso, mas rapidamente é liberado e volta a aprontar pelas ruas da cidade. Ele é temido no Parque de Vaquejadas, bairro onde reside e onde é o Xerife.


Comentários