Tragédia. Choque elétrico de celular ligado à tomada mata estudante adolescente

 A estudante Luiza tinha apenas 17 anos

O uso de celular durante dias chuvosos pode ser muito perigoso. A prova disso foi o ocorrido com a estudante Luíza Fernanda Gama Pinheiro, 17 anos, que morreu ao receber uma descarga elétrica quando utilizava o aparelho que estava carregando na tomada de sua casa.

Ela foi socorrida ao Posto de Saúde de Riacho Frio, no Sul do Piauí, onde seus familiares informaram que ela sofreu a descarga elétrica por volta das 17h de domingo, 18. A adolescente foi encontrada desacordada por sua vó. Ela estava caída no chão e com fones do celular nos ouvidos.

O fone, segundo os familiares, chegou a derreter. Disseram, ainda, que no momento do acidente não estava chovendo, mas relampejava muito. Apesar de Luíza Fernanda ter chegado morta ao posto de saúde, o médico de plantão fez de tudo para reanima-la sem sucesso.

Mesmo assim os familiares decidiram levar a adolescente para o Hospital Regional de Correntes, onde o óbito foi confirmado por uma equipe médica. A diretora do hospital informou que a estudante deu entrada no hospital mais de uma hora depois de sofrer a descarga elétrica.



Comentários