Amor de mãe. Mulher idosa é morta a tiros ao tentar proteger a vida do filho


Vera morreu tentando salvar o filho
Quatro tiros tiraram a vida da idosa Vera de Souza Silva, 62 anos, em Araguaiana, no Norte de Tocantins, na noite de domingo, 12. Ela entrou na frente dos disparos de armas de fogo para salvar a vida de seu filho Manuel Felipe da Silva, 31 anos, que também foi ferido gravemente.

Vera comemorava um aniversário em frente à casa dela na periferia, quando surgiram dois homens em uma moto e passaram a ameaçar o filho dela. No momento em que eles começaram a atirar, Vera se jogou na frente dos disparos e foi atingida por quatro tiros, sendo um na cabeça.

O filho dela também foi atingido no peito pelos disparos e está internado em estado grave no Hospital Regional de Araguaiana. Vera morreu na hora e a dupla de assassinos evadiu-se de local e ainda não foi localizada.

Como Manuel Silva tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e continua praticando o crime, as autoridades acreditam que o acontecimento tenha sido um acerto de contas entre facções. A Delegacia Regional de Araguaiana investiga o caso e esclarece que Vera não era criminosa.



Comentários