Homem espanca e esfaqueia ex-companheira em bar e leva surra de populares

Maria do Livramento levou cerca de 10 facadas

O indivíduo João Evangelista de Souza, 39 anos, foi brutalmente espancado por populares de Paranoá, no Distrito Federal, depois de esfaquear a ex-companheira Maria do Livramento Alves, 35 anos, em um bar, na noite de domingo, 04. Os dois foram socorridos ao Instituto Hospital de Base.

As informações são de que a motivação para o crime foi o fim do relacionamento, já que o criminoso não aceitava a separação e passou a perseguir Maria do Livramento. A vítima foi atingida no rosto por um dos golpes e poderá ter a visão comprometida

Uma testemunha viu o criminoso batendo na vítima e a jogando no chão. Em seguida, segundo a testemunha, com a mulher deitada na pista, João Evangelista começou a esfaqueá-la, atingindo o olho, braço, peito e costas. Foram mais de 10 facadas segundo testemunhas.

Ato contínuo, João Evangelista saiu correndo pela Avenida, mas foi perseguido por populares e levou uma surra que o deixou desacordado. O caso está sendo investigado pela 6ª Delegacia de Polícia de Paranoá. A faca utilizada para a prática do crime foi encontrada e apreendida pela polícia.




Comentários